segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

vive o momento

Foi numa Segunda-Feira. Eram mais ou menos 9 horas da manhã. Eu estava sentado num dos bancos de um comboio. São todos iguais, tal como são os comboios que apanho todos os dias para ir trabalhar, mas naquela manhã tudo ficou diferente. À minha frente sentou-se uma figura feminina, bela, distinta, com uns óculos que lhe davam uma certa elegância. Eu tirei os olhos do jornal que lia e fixei-os nela, sem de lá mais sairem. E foi assim, durante uma paragem, duas, três, quatro, cinco. Os dela percorriam descontraidamente a paisagem lá fora. A meio da viagem ela correspondeu: olhou-me e sorriu timidamente, sorri e olhei para o chão. Quando levantei de novo o olhar, ela também já se levantava. A sua paragem tinha chegado. De costas para mim, senti um último olhar. Ela saiu e nunca mais voltou a entar nos meus dias. E se tivesse dito uma palavra, uma frase, o que teria acontecido?

Um comentário:

Soraia disse...

Ja me aconteceu o mesmo, noutros sitios,em diferentes momentos etc.
e a verdade é q muitas vezes perdemos esses momentos, por meras vergonhas.
temos é q saber aproveitar todos os momentos das nossas vidas, de todos os nossos dias. para qe mais tarde nao fiqemos a pensar q poderiamos ter feito mais.
força aqui para o blog amor, estou sempre contigo ! *

AMO-TEEEEEEEEEEEEEE (L)